Água de Agrião – Em um copo de água na temperatura ambiente mergulhar folhas de agrião. Cobrir o copo e deixá-lo no quarto de dormir. De manhã, coar e bebê-la sem açúcar, contra carência de ferro e depuração do sangue.

Água de Aipo – Colocar 100gr de aipo em um litro de água e ferver lentamente por 20 minutos. Dar um banho muito quente nos pés ou mãos com frieiras, uma vez por dia.

Água de Aspargos – Ferver 50g de raízes de aspargo em um litro de água, deixando em repouso até esfriar. Tomar três cálices por dia, entre as refeições principais sem adoçar. Bom para o coração. Em regimes de emagrecimento e para pessoas nervosas e excitáveis bebe-se pela manhã em jejum e durante todo o dia.

 Água de Aveia – Ferver um punhado de palha de aveia triturada em um litro de água, coar e beber durante o dia, para ácido úrico.

Água de Cenoura – Ferver uma pitada de sementes de cenoura em um cálice de água e beber após as refeições, como digestivo. (As sementes precisam ser retiradas do pé, visto que as destinadas a plantio possuem agrotóxicos prejudiciais).

 Água de Cereja – Ferve-se 30gr de pedúnculos secos em um litro de água, filtrar e adoçar levemente, bebendo um cálice durante o dia, contra artrite e gota.

 Água de Cevada – Ferver 70g de cevada em um litro de água, por 20 minutos. Quando morno, filtrar o liquido, adoçar com uma colherinha de mel, misturando bem. Fazer gargarejos durante o dia, para combater infecções na garganta. Também é boa para o baço, cistite, cólicas, gases, náuseas, rins e tosse.

 Água de Maçã – Misturar uma maçã grande, descascada, sem sementes, e cabo e muito bem lavada, cortada em fatias bem finas, com 10g de folhas de erva cidreira (melissa, a de folhas não a de capim), suco de meio limão e um pedaço de canela. Acrescentar duas colheres de mel e meio litro de água fervente, deixando repousar por dez minutos. Passar o preparado por uma peneira, bebendo o líquido no final das refeições, contra febres, má digestão, prisão de ventre e inflamações intestinais. 

Balas de Guaco – gripe, rouquidão, infecção na garganta, tosse e bronquite.

1 xícara de água

2 xícaras de açúcar cristal orgânico

4 colheres (sopa) de melado de cana

1/2 xícara de folhas de guaco secas

1 colher (chá) de gengibre em pó (opcional)

Açúcar orgânico para enrolar

Ferva água, açúcar e guaco por quatro minutos. Coe e devolva à panela com o melado e o gengibre. Cozinhe até que, O pingar gotas na água fria, endureça. Forre uma assadeira com açúcar e faça concavidades espaçadas. Despeje aí o líquido e, após 20 minutos, agite para soltar as balas e cobri-las com açúcar.

 Banho de pé – 5 ml de pó de mostarda em uma tigela de água quente. Banhar os pés; é bom para a circulação.

 Cataplasma de Pão Integral – Tirar a casca do pão, cortar em cubinhos e cozinhar com água ou leite. Cura cortes.

Chá de Cevada – Ferver em um litro e meio de água por dez minutos três punhados de cevada lavada. Filtrar o liquido quando frio, adoçar com mel e beber em xícaras, para combater inflamações do intestino e colite.

 Chá de Chicória – Em uma xícara de água fervente colocar 5gr de raiz de chicória. Coar e beber durante o dia como diurético.

 Chá de Gengibre medicinal e não deve ser consumido todos os dias). Usar uma colher (sopa) de fatias de gengibre fresco para cada xícara de chá. Ferver primeiro a água e, fora do fogo, adicionar as fatias da raiz com casca. Deixar descansar 5 minutos, coar e tomar. Combate artrite, dor de cabeça, gripe, resfriado e é energético.

 Chá de Hortelã – Em 100g de água quente já adoçada, coloca-se 5g de folhas frescas ou secas de hortelã, filtrar e beber em seguida bem devagar, como digestivo, para excitação nervosa e insônia. O mentol, um dos principais componentes do hortelã, é considerado um poderoso desinfectante, sendo ideal para defumação de ambientes.

 Chá de Laranja – Verter uma xícara de água fervente em 2g de folhas de laranjeira, filtrar, adoçar com mel e beber para combater o nervoso.

 Chá de Limão – Ferver três limões fatiados em 600 ml de água até o líquido se reduzir à metade. Adicionar mel. Combate a gripe.

 Chá de Salsa – Deixar por dez minutos 30g de sementes de salsa (novamente não usar as destinadas a plantio, e sim as retiradas da planta) em 200g de água fervente, filtrar o líquido, bebendo metade em seguida; o restante três horas depois, contra distúrbios digestivos e prisão de ventre:

 Compressa com folha de Couve – Depois de eliminar a nervura mais grossa de uma folha de couve, lavá-la muito bem em água corrente e colocá-la em uma solução de ácido bórico deixando macerar por três horas. Aplicar a folha, estendida numa gaze, sobre a ferida limpa e enfaixar. Renovar à noite e pela manhã.

Concentrado de berinjela – Cortar uma berinjela grande em fatias finas (com casca) e colocar de molho em 1 litro de água – colocar na geladeira de um dia para o outro. No dia seguinte remova as rodelas de berinjela e acrescente o suco de 2 limões e beba este litro ao longo do dia. Cuidado, esta receita usada por mais de 15 dias causa emagrecimento acelerado, não ultrapasse 60 dias de uso contínuo.

 Inalação de Hamamélis – Diluir uma parte de hamamélis em 20 partes de água fervida e resfriada. Fazer inalação; bom para os olhos.

 Leite de Figo – Cortar em pedaços 20gr de figos secos, fervendo em 250gr de leite por uns quinze minutos. Depois de adoçar com uma colherada de mel, filtrar o leite e bebê-lo bem quente, contra bronquite, gripe, resfriado e tosse. Contra afecções na boca e garganta, fazer gargarejos e bochechos.

 Licor de Ameixa – Cozinhar em dois litros e meio de vinho branco, 20 ameixas frescas sem casca e sem caroço. Depois de quinze minutos apagar o fogo, adicionando não mais de 3 gramas de casca de canela e deixar macerar. Após três dias, filtrar o liquido, adicionar meio quilo de açúcar e colocar no fogo, deixando ferver por alguns minutos. Esperar esfriar totalmente e adicionar meio litro de álcool a 90 graus e colocar em uma ou duas garrafas. Tomar um cálice após as refeições, como digestivo.

 Licor de Cereja – Cozinha-se cerejas frescas ou secas (não em conserva) em tanto vinho quanto necessário para cobri-las. Bebe-se bem adoçado como reconstituinte do organismo.

 Máscara vegetal – Fazer uma mistura de argila, suco de cenoura, mel e confrei e aplicar uma camada desta pasta de aproximadamente 1 cm no rosto por uns 40 minutos.

Pão com alho – Para a circulação, consumir pão de centeio temperado com alho socado, salsa e gotas de azeite sendo que será este o primeiro alimento do dia, repetido por uma semana; descansar 15 dias e fazer novamente, assim sucessivamente.

 Pó Energético – Uma medida de: canela, gengibre, guaraná e marapuama. 1/4 de medida de cravo. Misturar tudo e tomar uma colher (chá) diluída em líquido quente pela manhã e outra logo após o almoço.

 Rotina do Gengibre (digestivo). Misturar 4 colheres (sopa) de gengibre em pó, açúcar mascavo e Ghee (manteiga clarificada).

Tomar antes do café da manhã, sendo:

1º e 10o dias:   1/2 colher (chá)

2o, 3o, 8o e 9o dias:     1 colher (chá)

4o ao 7o dias: 2 colheres (chá)

 Suco de cenoura – para rouquidão, cozinhar 100 g de cenoura, esmagando e misturando com a água do cozimento, adoçar com mel e beber bem quente.

 Suco de Couve – 200gr dos bordos e dos talos da couve espremidos. O líquido deverá ser ingerido em jejum, todos os dias, em pequenos goles, para combater úlceras internas no estômago ou duodeno.

 Suco desintoxicante verde equilibrante: passar pela centrífuga 2 limões descascados, porém deixando aquela entrecasca branca, 1 maçã, 1 inhame cru e 1 xícara de folhas e talos de hortelã. Diluir com um pouco de água e servir imediatamente. Tomar em jejum e quando sentir que a ansiedade está chegando.

 Suco de Laranja – Colocar uma laranja madura, cortada , com a casca e em pedaços, em 30gr de água fervente adoçada com duas colheradas de açúcar. Depois de totalmente frio, coar o liquido e beber contra febre.

 Suco de Limão – Espremer o suco de três limões em meio cálice de água e beber em jejum pela manhã pelo menos por 10 dias para combater ácido úrico, gota, arteriosclerose e hipertensão. Interromper o tratamento por sete dias e depois repeti-lo por mais dez dias e assim por diante.

 Suspiro de Limão – Misturar o suco de um limão com uma clara de ovo, bater com um garfo por dez minutos e tomar uma colher da mistura de meia em meia hora, contra os resfriados.

 Tintura de Alho – Mergulhar sete dentes de alho em cognac e deixar descansar por 15 dias. Tomar uma colher (chá) três vezes ao dia, contra tosse.

 Tintura de Canela – Colocar 50gr de casca de canela em um quarto de litro de álcool a 60 graus. Depois de 24 horas filtrar o líquido e coá-lo em uma garrafa, consumindo-o em colheres antes das refeições. Bom para combater fraqueza do estômago.

 Tônico ayurveda

10 amêndoas

1 copo de leite

1 colher (sopa) de mel

Cardamomo e pimenta do reino a gosto.

 Tônico de Aipo – Mergulhar duas colheres (sopa) de sementes de aipo moídas em 600 ml de cognac. Tomar uma colher diluída em duas de água, três vezes ao dia. Bom para os rins.

 Tônico de Aveia – Ferver uma colher (sopa) de aveia em 300 ml de água e coar. Tomar tr6es vezes ao dia para boa digestão e contra depressão, nervoso, estresse, tensão.

 Unguento de Alface – Fazer uma cataplasma fervendo algumas folhas de alface em pouca água por cinco minutos. Deixar amornar, untar as folhas com azeite de oliva, estender sobre uma gaze e aplicar na região atingida com contusões, inchaços, irritações e rubores da pele.

 Unguento de Camomila – Usa-se as flores secas que são cozidas em banho-maria no óleo; após duas horas de cozimento, côa-se, e depois de frio massageia-se com esse óleo as regiões doloridas (dores reumáticas)

 Vinho de Maçãs – Colocar uma colher (sopa) de açúcar e um pedaço de casca de limão em um cálice e meio de vinho, nele cozinhando uma maçã mondada e descascada. Passar tudo pela peneira e beber esse vinho logo após as refeições, contra distúrbios digestivos e prisão de ventre.

Xarope de Abacaxi – Duas colheres de suco de abacaxi diluídas em uma xícara de chá água quente e uma colher de sopa mel. Bom contra tosse.

Xarope de Agrião – Bater as folhas no liquidificador e adoçar com mel, para combater bronquite, tosse, tuberculose pulmonar e toda sorte de enfermidades catarrais.

Xarope de Alho – Colocar sete dentes de alho picado numa jarra e cobrir com oito colheres (sopa) de mel. Deixar descansar por uma semana e coar. Tomar quatro colheres (chá) por dia, contra bronquite, infecções e problemas nos rins.

Xarope de Cenoura – Cozinhar 100 g de cenoura, esmagando e misturando com a água do cozimento, adoçar com mel e beber bem quente, contra rouquidão.

Xarope de Guaco (para tosse)

um bom maço de guaco

um litro d´água

um dente de alho

1/2 cebola

um punhado de canela em pau.

um pedaço de gengibre

um limão.

Cortar alho, cebola, gengibre e limão.

Ferver tudo por 5 minutos.

Acrescentar 1 kg de açúcar mascavo e deixar apurar bem.

Deixar esfriar, coar e colocar em vidros.

Tomar 3 vezes ao dia.