Alongar os músculos lombares: sentado, segurar um joelho com as duas mãos, puxando-o na altura do peito por dez segundos. Repetir a operação do outro lado.

Caminhar e conversar após duas horas no computador: ajuda a lubrificar os olhos, porque aumenta a freqüência das piscadas.

Comer uma fruta fibrosa quando não puder escovar os dentes. Pode ser goiaba, pêssego, maçã, pera ou nectarina.

Espreguiçar, alongando bem os braços, é recomendável nos intervalos do trabalho. O alongamento de coluna, braços, pernas e pescoço ativa o sistema nervoso e ajuda na descontração muscular, trazendo sensação de bem-estar e melhorando o humor. Espreguiçar sempre depois de atividades prolongadas que exijam muito tempo de concentração.

Inspirar pouco ar e expirar até esvaziar os pulmões; isto ajuda a limpá-los, além de combater o egoísmo e treinar a doação.

Massagear o músculo do pescoço, que fica logo abaixo do lóbulo da orelha, com a ponta dos dedos. Descer lentamente e repetir a operação do outro lado. Ajuda a relaxar antes de dormir e também depois de acordar.

Massagear os pés com um bastão ou uma bola de tênis. O volume sanguineo nos pés tende a aumentar, depois de muito tempo sentado. Um bastão ou uma bolinha de tênis podem ajudar a estimular o bombeamento de sangue para outras regiões do corpo, o chamado retorno venoso. De pé, deslize a sola sobre o bastão ou a bolinha de tênis.

Assim melhora a disposição, reduz o casaço e as dores nas pernas”, Melhora a digestão, reduz dores no corpo (inclusive torcicolos) e diminui o estresse.

Mexer tudo, mesmo sentado. Não e preciso levantar da cadeira para movimentar dedos, pulso, cotovelos, ombros, quadril, joelhos e pés: abra e feche as mãos, desmunheque, dê de ombros, mexa quadris, joelhos e pés. O exercício aumenta o fluxo sanguineo e ajuda a melhorar o metabolismo, os músculos e a atuação dos membros superiores e inferiores.

Sempre que possível caminhar, correr, dançar, fazer ginástica e/ou musculação, patinar, praticar esportes e/ou yoga. A ordem é não ficar parado.

Suspirar profundamente. Para melhorar a absorção dos alimentos, uma dica simples. Antes das refeições, ficar de pé, com a coluna ereta e olhos bem fechados. Respirar profundamente, levando o ar para a parte de baixo do abdômen, na região do umbigo. Reter o ar nos pulmões por pelo menos cinco segundos. Ao soltar, diga um “ah!”, como num suspiro aliviado. Repetir no mínimo três vezes.

Trocar o telefone de ouvido.