- Antes de comer, sempre agradecer.

- Comer a cada três horas mantém a taxa de açúcar no nível certo, afastando o risco de hipoglicemia reativa (quando a taxa cai, provocando perda de concentração e de capacidade de trabalho e aumentando a sensação de irritabilidade). A alimentação frequente evita ainda que se chegue à próxima refeição com muita fome e se coma mais que o necessário.

- De qualquer forma, não se deve comer sem fome e somente quando a refeição anterior tiver sido digerida. Se possível, comer nos mesmos horários todos os dias.

- Comer devagar: mastigar bem e descansar os talheres no prato enquanto mastiga, só pegando-os depois de engolir.

- Comer em ambiente calmo e em tranquilidade. Não trabalhar, ler ou assistir TV durante as refeições. Se irritado, adiar a refeição.

- Comer sentado e permanecer por 5 minutos após acabar a refeição.

- Comer vitaminas à vontade, porém um só carboidrato e uma só proteína por refeição.

- Chupar de uma a duas laranjas por dia, com o bagaço.

- Descansar 10 a 15 minutos após o almoço e caminhar 15 a 20 minutos após o jantar.

- Doces devem ser evitados mas, quando consumidos, sempre distantes do almoço e do jantar.

- Evitar álcool, cafeína, balas, chicletes, alimentos pesados, oleosos e refinados: açúcar e farinha, bem como arroz branco.

- Evitar bebidas e alimentos frios, conservas, congelados, requentados, passados.

- Evitar derivados de leite e carne, pois dificultam a digestão e obstruem os canais de energia.

- Frutas podem ser comidas de forma avulsa no meio da manhã ou da tarde ou como sobremesa do almoço. Sucos, somente fora do almoço e do jantar.

- Mascar sementes de erva doce após as duas maiores refeições ajuda a digerir.

- Melhores temperos para a digestão: canela, cravo, gengibre e pimenta de caiena.

- Não cozinhar com mel nem colocar mel em bebidas ou alimentos muito quentes.

- Não falar enquanto mastiga, porque a ingestão de ar provoca os gases (além de ser mal educado).

- Observar sempre variedade de cores dos alimentos nas refeições, sendo que nas duas maiores deve haver as 5: branco, preto, vermelho, amarelo (ou laranja) e verde.

- Preencher apenas de 1/3 a 3/4 da capacidade do estômago, não saindo da mesa com muito apetite nem abarrotado (excesso de comida produz impurezas e causa a maior parte das doenças).

- Preferir alimentos cozidos aos crus (a digestão é melhor).

- Prestar atenção no ato de comer, nos diferentes aromas, aparências, cores, sabores e texturas.

- Quando tomar álcool ou café, sempre comer algo.

- Tomar 1 cálice (licor) de vinho tinto por dia para combater a anemia e evitar doenças cardiovasculares.

- Tomar 500 mg de vitamina C, 200 ml de água de coco e 2 litros de água pura diariamente, além de comer gergelim, castanhas e frutas secas, como complemento.

- Tomar água morna em jejum e após o almoço e jantar. Após as refeições, pode ser Ban-Chá (chá verde).

- Sempre que possível observar o ditado chinês: tomar café da manhã como um príncipe, almoçar como um rei e jantar como um mendigo.

Dieta Purificadora - 10 dias: 

Ao levantar: suco de abacaxi com hortelã OU laranja lima OU lima da pérsia OU melancia.

8h:                  2 frutas de cores diferentes

                        2 ameixas pretas OU damascos OU figos secos OU tâmaras

                        2 amêndoas OU 1 castanha do Pará OU 2 nozes

10h:                água de coco

Almoço:        salada crua e legumes variados mais uma proteína

2 colheres de sopa de arroz OU batata OU massa

Lanche:        1 fruta OU iogurte

Jantar:           sopa de legumes OU salada.


[1] Baseado em informações do Ayurveda e da nutricionista Célia Mara Garcia.